sexta-feira, 11 de julho de 2014

Chita: Cultura e Samba


A Chita foi o tema escolhido pela Escola de Samba Estácio de Sá para o enredo de 2009 e o livro Que Chita Bacana, editado por A CASA museu do objeto brasileiro, foi utilizado como fonte de pesquisa. A chita reaparece no desfile da Estácio de Sá como um autêntico exemplo da cultura brasileira. Fazem parte os figurinos do Chacrinha, Bumba-meu-boi, Rei do Maracatu e Baiana, entre outros.  A Escola, desfilou na Marques de Sapucaí, o enredo " Que Chita Bacana " que foi desenvolvido pelo carnavalesco Cid Carvalho. A escola ficou na 5º colocação com 238,1 pontos.

Samba Enredo: Que Chita Bacana
Compositores: Osmar, Antonio da Conceição, Magu, Marcelo Buda, Neneu, Hugo Bruno e Lucio Moraes

Sou a Chita Bacana a brilhar
No batuque da Estácio de Sá

Sou o samba raiz felicidade
Na força da Comunidade


Sou bonita e faceira nasci na Índia
Para o mundo conquistar
Deserto atravessei
Cruzei as ondas do mar
Na epopéia uma viagem fascinante
Na Europa deslumbrante então cheguei
No Chá das cinco porcelanas decorei
Através dos portugueses
No Brasil desembarquei

Desbravando esta terra na imensidão
Me pintei com o colorido deste chão
Com a fauna e a flora ergui sua bandeira
Sou a Chita Brasileira


Com fé cultivei a esperança
Num sorriso de criança
O palhaço colori
Vesti cortejo do Maracatu
Dancei em quadrilhas de São João
Na Festa do Divino minha devoção
O movimento Hippie representei
Com o Velho Guerreiro buzinei
Na Tropicália fui a sensação
Conquistei de vez esta nação

Alguns Figurinos do Desfile da G.R.E.S. Estácio De Sá






Exposição: Que Chita Bacana, O Enredo. Foto: Gustavo Ribeiro – A Casa.

Exposição: Que Chita Bacana, O Enredo. Foto: Gustavo Ribeiro – A Casa.

Exposição: Que Chita Bacana, O Enredo. Foto: Gustavo Ribeiro – A Casa.







Fonte: A CASA museu do objeto brasileiro.