domingo, 18 de junho de 2017

|RESULTADO DA ENQUETE| Quem você acham que dever ser a rainha do Baile da Chita ano 2017? Sugira também a sua!

         131 pessoas deram sua opinião. Agradecemos a participação de todos!
         Mais uma vez ressaltamos que a enquete foi independe da eleição oficial do clube. Aqui foi um espaço para que todos (a população) pudesse expressar sua opinião. *Não tem nem um vinculo com CRPJ* Os nomes das moças na enquete foram sugeridos e/ou citados pelas rede sociais. As meninas que foram citadas na esquete sintam-se homenageadas por nossas páginas e a população, pois foram conferido a vocês carisma, beleza, simpatia e outros tantos adjetivos independente de serem ou não candidatas ao concurso. Vocês representam a beleza da mulher paulojacintense.
A enquete foi a seguinte:

|ENQUETE| Quem você acham que dever ser a rainha do Baile da Chita ano 2017? Sugira também a sua!
A contagem regressiva para a rainha do baile da chita já começou. E esse ano a escolha vai ser diferente. Todas as jovens da cidade entre 15 a 18 anos podem se inscrever e a escolha da eleita será feita pelos sócios do CRPJ. As indicações e campanha nas redes sociais já começaram e alguns nomes já surgiram... Veja um pouco do histórico do baile da chita em nosso blog clicando no link http://terradobailedachita.blogspot.com.br/
- Os participantes precisarão fazer login no Google.
- Os participantes receberão por e-mail uma copia de sua resposta.


quarta-feira, 14 de junho de 2017

|ENQUETE| Quem você acham que dever ser a rainha do Baile da Chita ano 2017? Sugira também a sua!

           A contagem regressiva para a rainha do baile da chita já começou. E esse ano a escolha vai ser diferente. Todas as jovens da cidade entre 15 a 18 anos podem se inscrever e a escolha da eleita será feita pelos sócios do CRPJ. As indicações e campanha nas redes sociais já começaram e alguns nomes já surgiram... Veja um pouco do histórico do baile da chita em nosso blog clicando no link http://terradobailedachita.blogspot.com.br/
- Os participantes precisarão fazer login no Google.
- Os participantes receberão por e-mail uma copia de sua resposta.
       Obs.: A enquete continua na rede. Mas uma vez destacamos que é uma enquete independe da eleição oficial do clube. Aqui é um espaço para que todos (a população) possam expressar sua opinião. *Não tem nem um vinculo com CRPJ* Os nomes das moças na enquete foram sugeridos e/ou citados pelas rede sociais.
Link da enquete - https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSf-36kr6aywbOzwPdd2491be53fvbqJhfujWE-4LgA7JSBPUA/viewform


         Destacando - As meninas que foram citadas na esquete sintam-se homenageadas por nossas páginas e a população, pois foram conferido a vocês carisma, beleza, simpatia e outros tantos adjetivos independente de serem ou não candidatas ao concurso vocês representam a beleza da mulher paulojacintense. 

quarta-feira, 7 de junho de 2017

CRPJ ABRE INSCRIÇÃO PARA RAINHA DO BAILE DA CHITA 2017

           CRPJ comunica a população e a todas as meninas de Paulo Jacinto de 15 e 18 anos de idade que as inscrições para o concurso de escolha da Rainha da Chita 2017 estão abertas.
Esse ano a inscrição da rainha da chita vai ser feita pela internet. 
         O CRPJ que a décadas vem realizando o Baile da Chita informou que a escolha da rainha fica por conta dos sócios que estiverem em dia com suas responsabilidades para com o CLUBE.
         As candidatas têm que ser naturais de Paulo Jacinto, ou não, desde que residam na cidade e a inscrição fica sujeita a análise da diretoria para possível comprovação.
         Após a inscrição as candidatas selecionadas serão comunicadas para a possível aprovação dos pais ou responsável.
Faça a inscrição no link abaixo:
https://www.facebook.com/images/emoji.php/v9/f4f/1/16/1f447.png👇

https://fleury38563.wixsite.com/rainha-da-chita-2017




domingo, 4 de junho de 2017

Baile da Chita: Identidade Cultural de Paulo Jacinto

         A festa acontece em julho, segundo informações não oficias o baile será no dia 29.  A programação ainda não foi divulgada e nem como será feito a escolha da nova rainha; A comunidade espera que esse ano a tradição seja seguida de fato e que a jovem escolhida de fato esteja dentro dos requisitos que o próprio estatuto da festa diz.
         Com informações dos Jornalistas Lucas França e Roberison Xavier retiradas do Trabalho de Conclusão de Curso – TCC intitulado: Baile da Chita; um registro de Memória
         A identidade de um povo, a maneira que ele enxerga a si próprio é a maior e mais poderosa referência, essas características carregam e moldam os vários aspectos de uma sociedade sejam nos âmbitos político, social e cultural. Sobretudo, quando essas referências se unem para o mesmo propósito, ou seja, quando um agrupamento social começa a compartilhar o mesmo ideal e desenvolvem juntos um referencial da localidade.
         Foi pensando assim que os moradores da antiga Vila de Paulo Jacinto iniciaram no início da década de 1950, quando a vila estava em constante crescimento, uma série de mudanças no local. Eles viram a necessidade de não mais pertencer a outro município. Já que estavam crescendo economicamente para os padrões da época, queriam caminhar independentes. Os mais influentes do local se reuniram para discutir a possibilidade da independência da Vila. Daí tiveram um objetivo em comum surgindo a proposta para se organizar um baile, para arrecadar recursos financeiros e custear um advogado que lutaria na Justiça pela emancipação da vila.
         A representante do grupo Josefa Barbosa ou “Zefina festeira”, como era conhecida, propôs uma festa após as comemorações juninas, que logo foi aceita por todos. A partir de então começou o planejamento. A primeira indagação foi referente ao nome para o evento, que ganhou grande influência da produção industrial do algodão, pelo tecido em destaque na época: a Chita. O pano era o mais comercializado na região e também pela referência à festa junina, com estampas coloridas e florais.
         Durante alguns encontros, o grupo aprimorou e deu origem a outras propostas, dando mais visibilidade a festa, que passava a ter uma identidade cultural para a história daquela região.

MUSICALIDADE

         Além da criação do referido baile, nasceu também outra ideia que envolvia a musicalidade daquela época, Luiz Gonzaga e seu parceiro Humberto Teixeira estavam fazendo sucesso com a composição Propriá, que carinhosamente ficou conhecida como Rosinha de Propriá pelos paulojacintenses, por se tornar a chamadinha de abertura do evento. Um momento histórico foi à chegada de Luiz Gonzaga a Paulo Jacinto por convite do senhor José Aurino de Barros na época prefeito nomeado em 1953, Luiz Gonzaga estava de passagem pela região Nordeste e ao saber que sua música era considerada a chamada de abertura do baile, em agradecimento ele fez questão de realizar uma festa na cidade já emancipada. E até hoje a música Propriá, ainda é tocada pelas bandas e orquestras convidadas, tanto na abertura do baile como no fim.

ESCOLHA DAS RAINHAS
        
         Daí foram surgindo outras propostas bacanas para o evento como a escolha da Rainha do Baile, uma jovem que represente a festa e a cidade (antes ainda Vila), até a realização de mais uma edição. No início a escolha era feita a partir da venda de rifas, e a jovem que vendesse mais bilhetes recebia o título de rainha. Atualmente, por não tratar mais de arrecadação, ora necessária na época da criação, a jovem precisa obedecer a requisitos propostos pelos organizadores, entre eles o de ter nascido na cidade e passar por uma banca julgadora antes de ser eleita.   Além desses requisitos existem outros como ter idade entre 15 a 18 anos, ser da cidade ou morar no mínimo há um ano no município, “ter boa conduta” e ser sócia do clube.
         O formato da escolha da rainha do baile, até hoje causa algumas polêmicas e boatos na cidade. E isso porque, os atuais organizadores do evento foram mudando a maneira de escolher a candidata e deixando a tradição de lado. Antes por se tratar de arrecadação de dinheiro, as candidatas eram escolhidas entre as moças mais bonitas da Vila, elas recebiam rifas e vendiam, a que arrecadasse mais era a eleita (o formato fazia referência a rainha do milho dos festejos juninos). Depois de emancipada, a escolha passou a ser pelo voto direto público do evento.    A rainha era escolhida durante a festa pelo voto direto do público que apontavam as mais belas e bem vestidas e a mais aplaudida era a eleita. Essa tradição também se perdeu com a modernização e surgiu uma outra, a rainha era indicada pelos diretores do clube, cerca de 4 moças da comunidade e sócias do clube. Elas eram convidadas como candidatas e se preparavam para no dia do evento se apresentar e o público aplaudia a que mais lhes chamassem atenção. Outro formato atual foi a realização de desfile com algumas jovens e uma banca de jurados vindos de fora que não tivesse nenhum contato direto com as jovens votavam e daí surgia a rainha.
         Existiu várias maneiras de escolha que faz parte da tradição do evento, no entanto atualmente a escolha é feita sem a participação da comunidade, o que deixa a tradição a se perder de vista e a população sem poder participar diretamente da cultura. Hoje a presidência do clube sem a participação da comunidade escolhe a rainha e ela já é apresentada como tal, mesmo que não seja a preferência da maioria, deixando as demais jovens sem poder participar do processo cultural.
         O que define a rainha atualmente é simplesmente o poder aquisitivo que sua família tem ou pelas amizades que os pais têm com os diretores do clube, o que vem deixando a comunidade indignada.
         Em 2016, a escolha da rainha gerou uma série de boatos e confusões na cidade, justamente por esse formato, a comunidade apenas pediu para a tradição ser seguida e a escolha ser aberta. Entre os comentários nas redes sociais um internauta disse; “na cidade temos muitas jovens bonitas e que merecem ter a chance de participar do baile e ao menos ter a chance de ser candidata a rainha. As jovens que estão sendo excluídas têm todas as características e requisitos para tal, porque não fazer a escolha como antes, com desfile, com a participação do público ou até mesmo fazendo a escolha de 3 a 4 moças para se apresentarem no dia do baile e lá ser a apresentada a escolhida”, comentou e indagou um morador da cidade.
         Os diretores do Clube disseram na época das polêmicas nas redes sócias que eles estavam apenas seguindo o estatuto do evento. No entanto, os boatos era que a escolha foi feita por pedidos e influência da classe social.
         Este ano, o baile da Chita já tem data marcada, segundo informações não oficiais, a festa deve acontecer no dia 29 de julho. Até o momento a organização do evento não passou detalhes sobre a festa e nem como vai ser o processo de escolha da rainha. Será que vão seguir a mesma linha do ano anterior ou vai abrir para demais jovens? Será que a tradição vai ser resgatada ou vai continuar sendo feito como os diretores do clube querem fazer? A população vai ser ouvida? Vai participar do processo cultural, da identidade da região ou simplesmente vai ser ignorada mais uma vez?
         Estaremos aguardando ansiosamente pela festa que já está há mais de seis décadas no nosso calendário cultural e esperamos que o processo seja feito de acordo com a tradição. Que o resgate cultural do Patrimônio Cultural Histórico do Nosso Estado seja cumprido.

BAILE DA CHITA; UM REGISTRO DE MEMÓRIA
      
         Existem várias versões sobre a história do baile da Chita, mas nas pesquisas para o Trabalho de Conclusão de Curso - TCC: Baile da Chita, um registro de memória, de autoria dos jornalistas Lucas França e Roberison Xavier, consta que durante esses anos a festa deixou de ser realizada em apenas um ano. No ano de 1978, por causa da morte do então prefeito da cidade José Correia Fontan, Já em 1989, depois de uma forte enchente que inundou a cidade semanas antes da festa, o baile foi adiado e realizado no mês de setembro. Outra inundação, no ano de 2010, adiou a edição mais uma vez. Apesar da tragédia a população não deixou de realizar a tradicional festa.  Em 2014, também não houve o baile da Chita em ambiente fechado, como manda a tradição, mas foi realizado na praça central da cidade, aberto ao público e como a rainha já havia sido escolhida ela foi apresentada durante a comemoração na Praça de Eventos Zefinha Barbosa.

         Esse projeto dos jornalistas fica agora como um documento que consta a história do baile e suas referências. No documentário e na parte escrita do trabalho, há relatos de moradores, frequentadores do baile, parentes dos organizadores, eternas rainhas, jornalistas e da comunidade, é necessário agora apenas ir incluindo os nomes das futuras rainhas e possíveis mudanças na organização da festa.

sábado, 20 de maio de 2017

A desvalorização e decadência cultural: A Cultura não é o mesmo que foi no passado.

     Quando foi extinta a casa da cultura, a casa da memória paulojacintense há pouco mais de 10 anos, a cultura paulojacintense entrou em colapso,numa profunda decadência. Temos uma Secult - Secretaria de Cultura que não funciona. Mas onde é aplicado as verbas destinado a essa pasta do município? Se não temos cultura, nem se quer mesmo um grupo folclórico.   
     Segundo informações da Secult - Secretária de Cultura, as organizações do 65º Baile e Festa da Chita já estão no período de pré-produção. Um evento que é o símbolo cultural da nossa cidade, já levou o nome de PJ aos quatro cantos do Estado e até mesmo do País entrou em decadência, nossa cultura não avança e nossa historia se perde no tempo, mesmo este ter sido elevado a categoria de Patrimônio Imaterial, Histórico, Artístico e Cultural do estado de Alagoas em 2015.
         Há muito tempo não se ver atrações em nível nacional em uma festa de mais de meio século; um senhor, O Baile da Chita com seus 65 anos que já chamou a atenção da região e movimentou a economia. Destacando que eventos da região que não tem 1/6 da idade do nosso evento conta todos os anos com pelo menos uma atração de nível nacional. como  Mas para onde mesmo vão os recursos e verbas da cultura de PJ?  

domingo, 30 de abril de 2017

PJ WHATSAPP! Onde a comunicação e informação é veloz.

Clique no link! junte-se a nós! Link para acesso: https://chat.whatsapp.com/16IMW7EemW7LDmfp1z1dQD
AQUI VAMOS REUNIR NOSSAS  PÁGINAS EM SÓ ESPAÇO  (O GRUPO PAULOJACINTENSES DO FACEBOOK, NOSSA FAN PAGE, NOSSO PERFIL NO FACEBOOK, BEM COMO NOSSO BLOG).         

         Hoje em dia todo mundo participa de grupos, seja o da família ou da faculdade.
             O problema não é participar, e sim como você se comporta nele.
         Já que as pessoas tendem a fazer deles algo chato e as vezes irritante, mudando o foco inicial de uso.
         Daí vale a pena seguir (ou tentar seguir) algumas dessas regras para que a convivência grupal se torne harmônica… ou que não usem a função (amém!!) silenciar por um ano do grupo.
         Segue então algumas regras de ‘convivência’ que valem ser compartilhadas:

1 – Este Grupo é exclusivamente para uso de assuntos de relevância e interesse para o grupo e referente a cidade; (Debater assuntos (respeitando a opinião de todos), TROCAR E DILVULGAR INFORMAÇÕES VERIDICAS, divulgar trabalhos, até mesmo vender, trocar, anunciar (SEM FLOOD, sem superlotar o grupo de material)...

2- Tudo de uma vez:  Sem flood (manda mensagem em sequência, desesperadamente) Modere a ansiedade. Ninguém. Merece. Uma. Palavra. A. Cada. Mensagem. Ou a culpa será sua de silenciarem o grupo;
3– Evite postar mensagens com conteúdo de brincadeiras, piadas, racismo, preconceito, pornografia, assédio, correntes, coisas desnecessárias e inconveniente... ((usuários que fizerem isso estão sujeitos a exclusão do grupo);
4 – Tente sempre enviar mensagens mais curtas possíveis;
5-Tentar enviar o menor número possível de mensagens;
6- Tentar postar conteúdos em horário comercial;


7. Evite áudios: É inconveniente escutar vários áudios seguidos. Voz só em ultimo caso ou urgência.
8 - Antes de postar, releia e analise se o conteúdo:
a. Não ofende algum dos membros do grupo;
b. Tem relevância e interesse para o grupo;
c. Se o conteúdo tem procedência, só poste se você pode defender a autenticidade do assunto, consulte fontes seguras;
d. Seja propositivo, não faça críticas desnecessárias;
e. Se precisar chamar a atenção de alguém, faça com mensagens privadas, direto para os responsáveis;
f. Evite “ser chato”;
9 - Esse é um grupo para todos (todo mundo é super bem vindo aqui)

Direitos dos usuários:

1 - Ninguém está obrigado a permanecer no Grupo;
2 - Caso se sinta ofendido com algum conteúdo, notificar o ato ao administrador do Grupo, para que o mesmo tome as devidas providências;
3 - Problemas de comunicação ou relacionamento pessoal entre os usuários não devem ser comentados em público, muito menos em mensagens do Grupo;
4 - Todos têm direito de manifestar descontentamento com a utilização, mas isto deve ser feito diretamente ao administrador do Grupo;
5 - Somente o administrador do Grupo poderá autorizar a exclusão de usuários;
Se você concordar com o descrito acima, seja muito bem vindo ao grupo!!
NOSSAS PÁGINAS  TEM COMO OBJETIVO TORNAR ESTE GRUPO NECESSÁRIO, UM AMBIENTE  E SEMPRE POSITIVO PARA TODOS!
IREMOS SEMPRE ESTIMULAR O LADO POSITIVO!!!

Lembre-se:
“Elogie em público e critique em particular”.
Se ‘orkutizar’ o grupo, vamos perder participação ou, no mínimo, qualidade na utilização do mesmo.

Somos todos seres humanos, fazemos coisas certas e coisas erradas. Para viver em grupo, precisamos saber conviver com as falhas dos outros, e aceitar os outros como eles são. Vamos nos concentrar em aproveitar o que cada um pode oferecer de bom para o grupo e neutralizar o lado negativo.

quinta-feira, 27 de abril de 2017

PREFEITO RECONHECE QUE A CIDADE CRESCEU, MAS NÃO EVOLUIU

       O mesmo destacou  que a ETA (Estação de Tratamento de Água) ficou obsoleta e que o que falta a CASAL é recurso (4 milhões) para o sistema abastecimento, mas vejam só, segundo o jornal Tribuna independente (desta ultima terça-feira 25/04/2017),  o superávit (ou seja entrou mais dinheiro na empresa do que saiu) da Casal possibilita investimentos de R$ 25 milhões em Arapiraca. O Anúncio foi feito pelo então governador Renan Filho ao destacar que empresa vive momento histórico, sendo assim a empresa vai bem. Confirme a informação sobre o superávit no link (http://www.tribunahoje.com/noticia/208865/interior/2017/04/25/superavit-da-casal-possibilita-investimentos-de-r-25-milhes-em-arapiraca.html)
Vejamos alguns pontos:
- Se a CASAL vive um momento bom e irá investir 25 milhões em Arapiraca, porque não investir os míseros 4 milhões que PJ precisa. (Nossos políticos como representante do povo deveria cobrar. Não? ou a população fazer um abaixo assinado cobrando da empresa
-  Hoje a taxa de água está em tono de 42,00 reais. Quantos domicílios há em PJ? E o Residencial Santa Inês (442 domicílios) ainda paga 100% de esgoto;
- Segundo informações a CASAL arrecada em PJ de 80 a 105 mil reais por mês com o pagamento da conta de água pela população do município; e quanto a mesma gasta? Acreditasse que pouquíssimo.
- Segundo as palavras do prefeito na reportagem para não desprezar água a cidade  terá que continuar recebendo essa água. Mas água que sai da torneira não é de graça é pago. Então a empresa que usasse como quisesse a água e fornecesse nem que seja por meio de carros-pipa uma água de qualidade;
- O Sistema de Abastecimento (O ETA -Estação de Tratamento de Água e Barragem) de água de PJ é da década de 70, sendo assim há mais de 40 anos;
- Quando foi montado o Sistema de abastecimento há 40 anos atrás a população era menor e nem todos os domicílios tinha água canalizada. Hoje a população aumentou e a vila são francisco passou também recebe água do sistema, só que não teve uma planejamento por parte dos responsáveis e a cidade vive esse colapso nessa área;
- A CASAL sabe quanto a população consome de água por dia, mês e ano, quanto o sistema comporta de água armazenada e quanto tempo o mesmo cheio dá pra abastecer a cidade. Então dá para fazer uma analise se é preciso ampliar o sistema, furar poços artesianos, basta fazer uma analise não é difícil.
- Por quanto tempo o sistema é consegue de abastecer toda cidade? O A reservatório de água tratada, menos de 1h;

-  Não seria hora de fazer um abaixo assinado e cobra investimento da CASAL ou até mesmo levar a câmara municipal  outro abaixo assinado com a proposta de uma sistema independe de abastecimento e que faça valer o dinheiro que é pago todos os meses a casal?    

terça-feira, 25 de abril de 2017

INDIGNAÇÃO: A ÁGUA QUE SAI DA TORNEIRA NÃO É DE GRAÇA


Cidadãos/Clientes indignados com o serviço prestado pela CASAL. E não é a primeira vez!
#SistemaDeAbastecimentoIndepedente #PorUmServiçoDeQualidade
            Quanto a CASAL tem arrecadado por mês em PJ? Quanto ela gasta pra manter o serviço? Cadê ampliar do reservatório (caixa d'água) e talvez mesmo da barragem? Não seria o caso de implantar um sistema de abastecimento independente ou contratado pela prefeitura?
            Agora imagina muitas pessoas que só tem essa água pra beber, cozinhar e tomar banho. E olhem que nem pra tomar banho está apropriada. Daqui a pouco o hospital estará cheio de pessoas com problemas de saúde devido à água de má qualidade. Se tornará também um problema de saúde pública. Os paulojacintenses merecem respeito, serem tratados com dignidade.
            Com a palavra o Sr. Prefeito e  vereadores. Autoridades, se pronunciem, defendam o povo, pois o povo paga, e paga caro pra receber um serviço de péssima qualidade. CASAL, mais respeito com a população e moradores do santa Inês que ainda pagam taxa de esgoto absurdo por um serviço que deixa muito a desejar. População vamos nos unir e cobrar nossos direitos!
            A cidade cresceu, mas não evoluiu. Crescer não é evoluir, crescer é ficar maior. Evoluir é ficar melhor... Quando farão uma PJ melhor e mais digna para todo? Quando sairemos desse atraso de décadas? Uma PJ melhor é possível!

#ForaCasal #SistemaDeAbastecimentoProprio #MaisRespeito

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Nosso 5º Aniversário: Since 2012 - Sem registro não há memória!

       
        E nos falaram que era perda de tempo, que éramos oposição (a que?). Quantas críticas (algumas de má fé), claro que são sempre bem-vindas as mesmas, e deixamos sempre o espaço para criticas, sugestões e elogios. Hoje vermos nossos materiais em trabalhos acadêmicos (TCC), nas escolas em feira literárias.  
         Encontramos parentes, amigos, reviramos o fundo do baú, registramos o presente e anunciamos o futuro, despertamos sentimentos e debates em nossas postagem.
         Hoje esse nossas paginas completam 5 anos de existência e eu fico muito feliz delas continuarem firmem e fortes. Agradeço todos os leitores por acreditarem nesse espaço, sempre divulgando e elogiando, graças a vocês estamos aqui até hoje.
         No dia 16 de janeiro de 2012, há  5 anos atrás, tive a ideia de criar este blog. Nunca pensei que fosse permanecer e manter esse projeto por tanto tempo. Devo atribuir esse feito a todas as pessoas que visitam e participam destes espaços  ao longo desses 5 anos e que me encorajam à manter esse projeto em andamento.
         O tempo passa rápido, 5 anos de Blog, agradeço os amigos que conheci por conta deste espaço,  e outros tantos que deixei de conhecer por não concordarem com que postamos! A vida é assim uns chegam outros partem! Uns são cativados outros não!
         Entre bons e maus momentos nossas paginas seguem, minha paixão segue inalterada pelo que faço. Entre criticas e elogios vamos nos fortalecendo.
         Se você tem um blog ou já teve um, alguma vez, sabe como é difícil mantê-lo por tanto tempo na rede. Muitos são os motivos que podem fazer você abandonar um blog. Navegando pela web encontrei 8 razões pelas quais as pessoas abandonam seus sites no site Pinceladas da Web.
         Para se ter uma pequena ideia de quantos blogs existem atualmente, em 2006, já existiam mais de 50 milhões de blogs no mundo. Desse número 2% eram de língua portuguesa, o que já representa um total de 1 milhão de blogs. Atualmente esse número é bem maior, mas infelizmente a taxa de "morte" desses sites é muito grande, por isso é bem provável que a grande maioria desses blogs que foram criados já não sejam mais atualizados ou não existam mais. Isso acontece por vários motivos. No site do Gerenciando Blog do grande ProBlogger Adelson Smania ele explica Por que os Blogs Morrem, recomendo a leitura.

         Esse ano de 2017 promete ser um ano de muitas mudanças. Espero poder manter uma frequência melhor de publicações de no blog para não desapontar meus leitores.
         Meu intuito com esta publicação foi a de agradecer mais uma vez as pessoas que me ajudaram a ainda ajudam com o andamento desses espaço. Não posso esquecer de agradecer, também, a todas as pessoas que visitam e participam direta e indiretamente do blog seja elogiando ou seja criticando, sem vocês eu não teria chegado até aqui. Muito Obrigado!
Um feliz 2017 a todos e até breve!
Nossos números nesse 5º aniversário
- FACEBOOK: Somos 5.000, mas temos centenas de solicitação de amizade mais a rede não possibilita um numero maior de amigos então temos nossa fan page.
- FAN PAGE: Nosso número de seguidores também subiu de 1.199 para 1.331.
- BLOG: Há um ano atrás registrava 22.297 visualizações, hoje conta com 50.058.
         Esses dados confirmam o sucesso de nossas páginas e seu raio de alcance no espaço virtual e na sociedade, pois o que é visto aqui é comentado também fora da rede e até mesmo no exterior.


Deixamos aqui o nosso OBRIGADO! 




segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Lisboa começa a formar secretariado para seu 3º reinado

O prefeito eleito em Paulo Jacinto, Marcos Antônio de Almeida, começar a formar seu secretariado. Alguns nomes já estão sendo discutidos e  já foram até mesmo divulgados, segundo o que apurou a redação.
Silvana Veiga

            Na Educação, o nome confirmado foi de Silvana Uchôa Veiga, Formada em Educação Artística pelo Cesmac, atua como educadora na nossa cidade desde 1983. Passou por salas de aula e contribuiu para a formação de crianças e jovens; foi diretora de diversas unidades escolares; e já exerceu as funções de secretária de Assistência Social e de Educação. Atualmente, dirige a Escola Municipal Dois de Dezembro. A esperança é a valorização dos professores e medidas que direcionem os jovem para o futuro.
Marta Lisboa
            Já a Saúde terá sua irmã, Marta Lisboa que  é assistente social formada pela Universidade Federal de Alagoas. Servidora do Estado com larga experiência na área de Saúde, conhece a realidade e os desafios da gestão nessa  área. Para quem não lembra, Marta respondeu pela pasta da Assistência Social na última gestão de Lisboa. A expectativa é de um saúde mais humana e organizada.
           
Clarissa Veiga
A jornalista 
Clarissa Veiga, que foi coordenadora de Comunicação da campanha de Lisboa, seguirá prestando seus serviços no seu governo. A partir de janeiro ela assume a Chefia de Gabinete e responderá também pela extinta Secretaria de Cultura, tendo essa a responsabilidade de tentar reavivar nossa tão esquecida cultura nos dois primeiros mandato de Lisboa.
            Clarissa é paulojacintense e está de volta à terrinha depois de mais de 15 anos de estudos e experiências profissionais na capital Maceió. A jornalista traz além do amor pela nossa cidade, uma bagagem rica. Atuou com repórter, editora e chefe de reportagem nos principais jornais de Alagoas; dirigiu a TV Educativa por quase quatro anos e mais recentemente respondeu pela Assessoria de Comunicação da Fundação Municipal de Ação Cultural da Prefeitura de Maceió, onde teve participação ativa em projetos de destaque nacional como o Festival Maceió Verão.
           
Maikell Gama
O jovem Maikell Gama foi escolhido para ocupar o posto de secretário de Administração e Finanças no time de Lisboa. É graduado em Licenciatura em Química pela Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL), e em Ciências Contábeis pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR), com registro no CRC/AL.
            Iniciou sua vida profissional no setor de contabilidade da Prefeitura de Igaci; trabalhou como agente administrativo e atualmente trabalha na Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal).
            São nomes de peso, que tem capacidade e vontade de mudar a cidade, esperamos que tenham autonomia pra fazer as mudanças que a cidade tanto precisa.
            Em breve a lista estará completa e que seja pelo bem e pela volta do crescimento que almeja a cidade, que vive um total descaso e retrocesso em todas as áreas.

            Aguardem novidades! E que a partir de 2017 PJ realmente tenha dias melhores e possa evoluir. 

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Repasse milionário: Precatório do Fundef, montante é oriundo de ações do fundo movidas entre 1998 e 2007.

A corrida pelos 12 milhões de reais - Qual a verdadeira chapa que quer o bem de Paulo Jacinto? Onde haverá crise em 2017? Tudo depende do seu voto!  
   
         Uma grande expectativa está sendo vivenciada em Alagoas após a liberação de valores pelo Governo Federal para os municípios que receberão os precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), que foi reformulado e atualmente é o FUNDEB, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.
         O montante é oriundo de ações movidas pelos municípios contra a União, por meio do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), durante o período de 1998 a 2007.
         Paulo Jacinto receberá aproximadamente 12 milhões de precatórios do "FUNDEF", logicamente que esse montante terá um grande impacto na economia da nossa cidade, minimizando as injustiças que foram cometidas pelo Governo Federal ao longo desses anos com os professores e o pessoal de apoio da EDUCAÇÃO.
         Para a AMA, Associação que defende o direito e interesses dos Municípios e prefeitos alagoanos, o dinheiro desses precatórios deve compor a Receita Corrente Líquida do município. Sendo que desse montante, apenas 25% iriam para a Educação. Ainda consta nas orientações da AMA aos prefeitos, um percentual de 15% para a Saúde. A AMA - Associação do Municípios Alagoanos publicou em seu site outras maneiras em que este dinheiro pode ser gasto. Já estão arrumando maneiras de tirar da educação dando pleno poder ao gestor pra escolher onde gastar, ou seja arrumando aquelas brechas pra pegar o recurso… misericórdia! Oh Brasil sem lei.
         Por outro lado o Ministério Público de Contas – (MPC) entende que os recursos devem ser aplicados apenas na Educação, e quer a anulação de contratos milionários que as Prefeituras têm com escritórios de advocacia. Esses escritórios estariam cobrando entre 15 e 20%, considerado acima do normal pelo MPC, sem falar em alguns casos a ausência de licitação.
         Entramos e tentamos entrar em contato com o MEC, AGU, CGU, SINTEAL, Secretária de Estado da Educação, AMA mas infelizmente não conseguimos obter o documento para que possamos publicar como mais veracidade esta informação.  

         Tudo depende do seu voto. Os serviços de qualidade na cidade. Os próximos quatro anos começam com seu voto, faça sua voz ser ouvida. Vote! 

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Paulojacintense conduz estandarte em desfile cívico de 7 de setembro

     

Neste ultimo dia 07 aconteceu desfile cívico em comemoração ao Dia 7 de setembro em Maceió e o alagoano, paulojacintense Alex Vieira que faz parte do exército brasileiro conduziu o estandarte da corporação. Paulo Jacinto, terra pequenina e formosa, para o Brasil Avante. Parabéns ao Alex! Obrigado por nos representar.

Padre paulojacintense é nomeado vigário geral da Diocese de Palmeira dos índios-AL

          
        No último dia 21 de agosto, em cerimônia na Catedral de sua diocese, o Rev. Pe. Thiago Soares de Matos, chanceler da cúria, procedeu à leitura da provisão com a qual foi nomeado o Rev. Pe. Wendel Assunção Gomes para o encargo de Vigário Geral. Ao apresentar ao povo sua provisão foi saudado com calorosa salva de palmas. Elevamos a Deus nossas súplicas para que este, em comunhão com o bispo, possa desempenhar suas funções tendo sempre diante de si o rosto misericordioso de Jesus, que se revela Justo Juiz e Bom Pastor. Em cada diocese deve ser constituído pelo Bispo diocesano o Vigário geral que, com poder ordinário, de acordo com os cânones seguintes, o ajude no governo de toda a diocese. (Cân. 475)
         Um vigário-geral é o sacerdote constituído pelo bispo diocesano, com poder ordinário, de acordo com o Código de Direito Canônico. O Vigário Geral atua como assistente direto do bispo, ajudando com o governo da Diocese. Geralmente, há apenas um vigário geral, a menos que uma razão válida (como um grande diocese) requera mais de um. O vigário-geral é, ipso facto, o coordenador da cúria diocesana e tem, durante o tempo que exercer este cargo, o direito ao uso do título de monsenhor.


Padre Antônio Ionas poma posse como Pároco de Paulo Jacinto-AL e Mar Vermelho-AL

Por Luiz Júnio F. de Couto



No vigésimo dia do mês de Agosto, mês que a Igreja do Brasil dedica às vocações, no dia em que se celebra a memória litúrgica de São Bernardo de Claraval, abade e doutor da Igreja, a diocese de Palmeira dos Índios celebrou mais uma etapa na vida vocacional de seu mais novo sacerdote, padre Antônio Ionas Bernardino Ferreira, que tendo sido ordenado na memória litúrgica de santo padroeiro dos sacerdotes, São João Maria Vianney, tomou posse em sua primeira paróquia, esta dedicada à Beatíssima Virgem Maria, em Paulo Jacinto-AL, à qual pertence também a cidade de Mar Vermelho- AL.
Reunida numerosa multidão do povo de Deus, às dezenove horas e trinta minutos, na sé paroquial da Virgem das Graças, começava a solene ação litúrgica por meio da qual seria conferido o título de pároco ao padre Antônio Ionas. Estando presente o senhor bispo diocesano, Dom Dulcênio Fontes de Matos, o vigário geral desta diocese, Mons. Hélio Pereira dos Santos, seu antecessor, padre Wendel Assunção Gomes, aquele que era empossado e demais clérigos, tendo sido iniciada a celebração, ouviu-se a leitura do decreto e profissão de fé.
Tendo recebido o livro dos Evangelhos, iniciando suas atividades como pároco, proclamou-o padre Antônio Ionas. Já em sua homilia o senhor bispo exortou a todos a que se dispusessem a vestir as vestes nupciais, sinal da vida na Graça, para que fossem admitidos no festim dos eleitos, dirigindo-se ao novo pároco lembrou-lhe que é sua obrigação estar, de pronto, vestido com tais vestes e, muito mais, buscar convidar mais e mais criaturas de Deus a tão sublime banquete, oferecendo-lhes sempre, por seu testemunho de vida, exemplo de caridade e frutificante atividade pastoral, a possibilidade de trajar as sacras vestes.
Tendo entregue ao novo pároco as chaves do templo, do sacrário, e apresentado o batistério e o confessionário, sinais de suas atribuições como cura d’almas, Sua Excelência convidou todos à oração. Na prece universal rogou-se por todos os povos do mundo para que respondam positivamente ao convite do Senhor e por toda a igreja. A missa prosseguiu como de costume, terminada a oração pós comunhão, padre Wendel Assunção dirigiu, em breves palavras, seus sentimentos de acolhida ao novo pároco, que agora se torna também seu pastor, já que ele é filho de Paulo Jacinto, sua satisfação por seus anos de ministério junto a um povo tão religioso, como o daquelas terras da Virgem Maria, e sua profunda gratidão a Deus por todas as graças derramadas em sua vida. Padre Antônio, por sua vez, tomando emprestadas as palavras dos sucessores de Pedro, lembrou de sua condição de mero servo do Senhor, abrigado em Sua Misericórdia, recordou que toda a obra de Deus é perfeita não pelos instrumentos que Ele elege, mas porque Ele mesmo a executa, recomendando, assim, sua vida, ministério e pastoreio as orações do povo que a ele foi confiado.

Rogamos a Senhora Mãe de Deus, auxílio infalível aos fiéis cristãos, que, conforme a Divina Providência, nunca falte ao reverendíssimo padre Antônio e a nenhum outro sacerdote católico, seu amparo e proteção e que o povo, tão devoto, colocado sob sua proteção, tenha a lhes conduzir dignos ministros, zelosos pastores totalmente conformados ao amabilíssimo coração de seu Divino Filho.






Padre Wendel Assunção toma posse como pároco da Catedral Diocesana De Palmeira Dos Índios-AL

Por Aderval Rodrigues Ferreira



No dia 24 de agosto de 2015, às 19:30, festa litúrgica de São Bartolomeu, Apóstolo, na Igreja Catedral de Palmeira dos Índios- AL, Sua Excelência Reverendíssima, Dom Dulcênio Fontes de Matos, Bispo Diocesano, conferiu a posse canônica ao Reverendíssimo Padre Wendel Assunção, para o ofício de Pároco.
No ensejo estavam presentes vários sacerdotes da Diocese de Palmeira dos Índios, inúmeros fiéis advindos de Paulo Jacinto e Mar Vermelho, da paróquia Nossa Senhora das Graças, onde Pe. Wendel exerceu o paroquiato por nove anos, fiéis das demais paróquias da cidade de Palmeira dos Índios e grande parte dos paroquianos da Paróquia da catedral, juntamente com os seminaristas, religiosos e autoridades civis, para recepcionarem o novo pároco.
          A santa missa começou como de costume. Após a saudação, o Vigário Geral da Diocese, Pe. Hélio Pereira, leu a provisão canônica na presença de todos. Em seguida, o Sr. Bispo entregou o documento ao Pe. Wendel, que por sua vez fez sua profissão de fé na presença do Bispo.
          Na sua homilia, Dom Dulcênio ressaltou alguns elementos sobre a figura do padre. Segundo o Bispo: “a missão do sacerdote é ser outro Cristo na terra. Para isso, Deus envia sacerdotes, apóstolos que levem a fé aos irmãos, e, com a fé, a graça divina. Como é belo ser sacerdote, ser apóstolo, a fim de proporcionar aos irmãos a luz que ilumina o caminho do céu, para dar Cristo, sendo outro Cristo.”
         Terminada a homilia, Pe. Wendel fez a renovação de suas promessas sacerdotais. Por sua vez, Dom Dulcênio entregou ao novo Pároco as chaves da igreja, as chaves do Sacrário, a pia batismal e o confessionário.  Depois disso, o referido sacerdote, fez seu juramento de fidelidade diante de seu bispo. A Celebração Eucarística prosseguiu como de costume.
         Ao fim de tudo, um ex-paroquiano de Pe. Wendel tomou a palavra e lhe fez um agradecimento, proclamando uma poesia. Em seguida, um paroquiano da Catedral, representando todo o povo dirigiu palavras de boas vindas ao novo pároco. Pe. Thiago Henrique também acolheu o novo pároco, dizendo que tinha certeza de que o povo estaria em boas mãos. Por fim, Pe. Wendel agradeceu a acolhida do seu novo rebanho e pôs-se à disposição de todos como servo e pastor.